11-3230-8002 | 11-99362-3736 contato@indenizacaoaerea.com.br

A perda de passaporte é um dos contratempos que mais pode trazer dor de cabeça para quem está viajando ou de mala pronta para pegar o avião. Afinal, com a exceção dos países que não exigem passaporte, é regra para viajar no mundo todo é apresentar esse documento de identificação.

Perda de passaporte no Brasil

Se a perda de passaporte foi no Brasil, a primeira medida é registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.) na Polícia Civil. Isso deve ser feito o mais rápido possível, não importa o caso (extravio, perda, furto ou roubo). Esse é o modo de assegurar um registro oficial do acontecimento, para evitar novas dores de cabeça.

Feito o B.O. de perda de passaporte, você precisará agendar na Polícia Federal a emissão de um novo passaporte. E ele será de fato novo, não há uma segunda via ou renovação. Por isso, o documento terá um novo número.

Perda de passaporte fora do Brasil

Agora, se você já estava viajando quando se deu conta da perda de passaporte, há outros procedimentos. O primeiro, na verdade, é idêntico: registrar uma ocorrência (o nome é diferente em cada país). Faça cópias desse registro, pois ele funcionará temporariamente como um passaporte.

A segunda medida em caso de perda de passaporte fora do país é ir até a embaixada ou consulado brasileiro mais próximo. Leve o registro da ocorrência e preencha o formulário de perda de documento de viagem (facilmente encontrado na internet). A solicitação que você deverá fazer dependerá de se a viagem está acabando e seu voo é direto para o Brasil, ou se você ainda vai viajar e na volta tem escalas ou conexões.

Se você passou por algum problema com seu voo, procure um advogado de sua confiança. Conheça, nestes posts, os direitos dos passageiros em casos de cancelamento de voo, extravio de bagagem e atraso de voo. A equipe da Indenização Aérea é extremamente preparada para solucionar casos de abusos de empresas aéreas e está à disposição para ajudá-los.