11-3230-8002 | 11-99362-3736 contato@indenizacaoaerea.com.br

O cancelamento de voo por no show é prática abusiva e viola o Código de Defesa do Consumidor. Os passageiros que, por algum motivo, não comparecerem para embarque, no primeiro trecho, não podem ter sua passagem cancelada. Do contrário, a empresa aérea deverá indenizar o consumidor.

Quando uma empresa realiza o cancelamento do voo por no show, o consumidor é colocado em desvantagem exagerada. Imagine se programar para uma viagem e, então, precisar alterar seus planos de ida e descobrir que a companhia aérea, inesperadamente, cancelou seu voo de volta. Essa prática, além de tudo, configura a venda casada, que é proibida por lei.

Indenização por danos materiais

Uma das consequências imediatas do cancelamento de voo por no show é a necessidade de realizar gastos extra com a compra de novas passagens. De acordo com a legislação brasileira, esse prejuízo configura danos materiais que deverão ser ressarcidos pela empresa.

Indenização por danos morais

Além disso, a companhia aérea tem o dever de indenizar os passageiros pelos danos morais causados pelo cancelamento de voo por no show. Uma viagem, pessoal ou profissional, deve ser um momento de conforto e segurança, sem nervosismo ou inconvenientes. Essa prática de cancelamento gera estresse e abalos psicológicos ilícitos que deverão ser indenizados.

Se você passou por um cancelamento de voo por no show, procure um advogado de sua confiança. A equipe da Indenização Aérea é extremamente preparada para solucionar casos de abusos de empresas aéreas e está à disposição para ajudá-los.